Post em Destaque

FreeBSD 9.2-RELEASE no SVN

Embora ainda não seja oficial, tudo indica que a versão 9.2-RC4 virou de fato a 9.2-RELEASE. Acredito que se não acontecer nada de absurdo, essa será sem dúvida a RELEASE final. O indício disso poderá ser visto por quem atualizar o releng/9.2 via SVN nesse momento, pois o arquivo que mostra a...

Leia mais...

Primeiro trimestre de trabalhos dos projetos no FreeBSD

Posted by gondim | Posted in FreeBSD, Software Livre, Tecnologia | Posted on 19-04-2014

Tags:, ,

1

Anualmente temos 4 relatórios trimestrais sobre como andam os projetos desenvolvidos no FreeBSD. É mais que um compromisso com a comunidade, é um exemplo de organização e de crescimento desse Sistema que é a base para tantos outros projetos.

Saiu o primeiro relatório referente à Jan/Fev/Mar. Um resumo do mesmo está abaixo, seguido do link para o texto original e completo:

  • O Ports team lançou sua primeira árvore stable trimestral.
  • Crescimento na arquitetura ARM. FreeBSD agora rodando no ChromeBook e SMP funcionando em sistemas ARM com multi-core.
  • Melhorias no bhyve, hypervisor nativo do FreeBSD.
  • Patches para o GCC e LLDB (Clang/LLVM debugger) estão sendo portados.
  • Melhorias para o ambiente Desktop. Trabalhos estão sendo feitos em:
    • Gnome, KDE, Xfce, KMS video drivers, X.org, and vt.
  • Suporte ao boot UEFI enviado para a árvore head. Ela irá para a STABLE em tempo de sair o 10.1R.

Detalhes dos trabalhos podem ser lidos aqui.

Obrigado e boa leitura à todos.

Share Button

Vulnerabilidade no OpenSSL compromete diversos sistemas na Internet.

Posted by gondim | Posted in FreeBSD, Segurança, Software Livre, Tecnologia | Posted on 09-04-2014

Tags:

0

Ontem saiu uma vulnerabilidade que afeta milhares de servidores na Internet. Abaixo um trecho da matéria que saiu na Info sobre esse problema:

Um bug no código do OpenSSL pode ter deixado boa parte dos servidores pela web vulnerável na virada desta segunda para terça-feira. Chamada de Heartbleed, a brecha permite que invasores ‘pesquem’ pedaços de quaisquer dados em diversos data centers que rodam alguma versão recente do software – mas já conta com uma solução.

A biblioteca open source de criptografia OpenSSL é adotada por aproximadamente 2 em cada 3 servidores de empresas para blindar comunicações, segundo uma estimativa da Lastpass. É ela a responsável por colocar o S no HTTPS e o cadeado na barra de endereços, por exemplo, conforme explicou o NakedSecurity. Yahoo!, Flickr, StackOverflow, XDA-Developers, Imgur, WeTransfer e Steam Community, além da própria Lastpass, são alguns dos sites e serviços protegidos pelo software e que acabaram afetados por essa nova vulnerabilidade – você pode conferir uma lista, ainda que desatualizada, neste link.

O restante da matéria pode ser vista na íntegra aqui.

Fique atento se você possui servidores com FreeBSD 10. Aqui o aviso oficial do Secteam da FreeBSD.

 

 

Share Button