Post em Destaque

Vulnerabilidade no OpenSSL compromete diversos sistemas na Internet.

Ontem saiu uma vulnerabilidade que afeta milhares de servidores na Internet. Abaixo um trecho da matéria que saiu na Info sobre esse problema: Um bug no código do OpenSSL pode ter deixado boa parte dos servidores pela web vulnerável na virada desta segunda para terça-feira. Chamada de Heartbleed,...

Leia mais...

Testando um novo Kernel sem medo

Postado por gondim | Categoria Dicas, FreeBSD | Dia 29-11-2012

Tags:, , ,

9

Volta e meia queremos fazer umas alterações no Kernel, optimizar, acrescentar ou até mesmo retirar coisas, o famoso tunar. Quem nunca ficou com aquele medo de ter errado alguma coisa e o sistema não bootar mais? Pois é, mas é possível testarmos nosso novo Kernel antes de colocá-lo em produção.

A dica aqui é simples: depois que você compilar o novo Kernel, basta instalar ele conforme descrito abaixo:

# cd /usr/src
# make buildkernel KERNCONF=SEU_KERNEL
# make installkernel KERNCONF=SEU_KERNEL KODIR=/boot/testkernel
# nextboot -k testkernel

Descrevendo o procedimento acima: vamos imaginar que você já tenha feito as suas alterações no Kernel. Acima estamos compilando o novo kernel e depois instalando ele em /boot/testkernel para que ele não sobrescreva o kernel atual que está em produção.

O próximo comando é quem faz a mágica: nextboot -k testkernel que fará com que o próximo boot use o kernel novo, o que você fez. Se ocorrer algum panic com ele, o sistema re-iniciará e carregará o kernel de produção ou você mesmo poderá re-iniciar o sistema que o mesmo retornará com o kernel anterior.

O nextboot criará o arquivo /boot/nextboot.conf cujas configurações internas apontarão para o kernel do próximo boot. Simples como muitas outras coisas no FreeBSD. Abaixo o conteúdo criado pelo comando:

nextboot_enable=”YES”
kernel=”testkernel”
kernel_options=””

Dica simples mas que às vezes pode evitar muitas dores de cabeça.  🙂

Share Button

Comments (9)

Gondim,

Fiquei com uma dúvida.

Após realizar o boot e verificar que está tudo “OK”, para tornar o kernel “default”, para que seja carregado nos próximos boots, devo rodar um make installkernel KERNCONF=XXX ?

Isso mesmo. 🙂 Fazendo o make installkernel normal você instala o kernel definitivamente.

Ӏ do not еven knoω how I endеd up
here, but Ι thοught this ρost was good.
I don’t know who you are but certainly you’rе going
to a famous blοgger if you агen’t already 😉 Cheers!

This blog was… hoω do you say it? Relevant!
! Finallу I have found something whiсh helped me.

Cheeгs!

Little, if any, progress had been made in public school mathematics education in recent years.

Then how about this – have you ever been to the opening night of
brand new movie. Here, learn how to find college books by course number, where your books
could be, why you need to not just pick up the first book you
find, and why being the first isn’t always the best way to go.

While it is effectively impossible to make yourself immune, it’s fairly easy to make things so difficult to
attack that hackers will move on to greener pastures. Or perhaps you feel it’s okay to jumpon someone’s open Wi – Fi connection. Additionally,
users on the move will traverse wireless access points where handoffs must be quick and smooth.

If you wish for to get much from this piece of writing then you have to
apply such techniques to your won website.

Feel free to visit my homepage

Hello to all, it’s truly a good for me to pay a quick visit this web site, it consists of precious Information.

I do agree with all of the ideas you have introduced to your
post. They’re really convincing and can definitely work.
Nonetheless, the posts are too brief for beginners. May just you please prolong them
a bit from next time? Thank you for the post.

Write a comment

*