Post em Destaque

Semana da Infraestrutura da Internet no Brasil

Para todas as pessoas que são de Provedores de Conectividade, Autonomous Systems, Segurança da Informação, que buscam soluções para IPv6 e/ou queiram compartilhar suas experiências, serão 4 eventos importantes e reunidos em um só lugar. Os eventos serão: PTT Fórum 6: encontro dos Sistemas...

Leia mais...

jnettop – ferramenta X9 de consumo de banda

Postado por gondim | Categoria Dicas, FreeBSD, Software Livre | Dia 21-08-2012

Tags:,

5

Hoje venho apenas passar uma dica muito legal para os momentos em que percebemos certas lentidões de acesso. Usei essa ferramenta em outros sistemas e logicamente continuo usando no FreeBSD. Quando queremos descobrir, dentro da nossa rede, quem está consumindo mais banda de acesso, a ferramenta que mais me adaptei foi a jnettop que é um top por consumo de banda.

Ele é muito simples de usar e na sua forma mais básica já faz o que se propõe. Para instalar esse port basta fazer o seguinte:

# cd /usr/ports/net-mgmt/jnettop
# make install clean distclean

Para verificar quem está utilizando mais banda, usando a interface de rede interna do seu proxy ou gateway basta rodar:

# jnettop -i <interface_interna>

Para fazer o mesmo sem resolver nomes:

# jnettop -i <interface_interna> -n

Também podemos fazer filtragens como fazemos no tcpdump, usando o -x como argumento. No exemplo abaixo pegaremos somente as conexões usando a porta 80, sem resolver nomes e na minha interface interna em1:

# jnettop -i em1 -n -x “port 80”

Ao abrir a tela do jnettop o mesmo mostrará os dados em bytes por segundo, para alterar para bits por segundo basta apertar a tecla “b” uma vez e outra vez para mudar para bytes por segundo novamente. Existe o parâmetro -b em linha de comando que deveria setar para bits por segundo mas estranhamente nunca funcionou comigo em nenhum sistema em que usei o jnettop. Provavelmente não foi implementado como deveria mas o importante é a utilidade da ferramenta como um todo.

Abaixo a tela do mesmo em ação:

Jnettop também pode ler um arquivo de configuração local. Toda informação adicional pode ser lida em seu man:

# man jnettop

É isso aí pessoal. Bom proveito. 😉

Share Button

Comments (5)

I’m incredibly amazed that I missed this the first time round. Kudos on the site and perspectives.

Uma outra ferramenta legal quanto a monitoramento, contudo de modo agregado é o systat, onde o mesmo simplesmente é um verdadeiro monstro em termos de funcionalidade.

Alguns exemplos que utilizo

systat -v 1
Mostrará em tempo real ( 1 segundo ) as configurações quanto a loal, acesso a disco, interrupções tanto de software e hardware.

systat -ifstat 1
Mostrará as informações de trafego em todas as interface em tempo real.
Caso deseje mudar a scale de disponibilização dos dados bastará apos executar o comando acima utilizar o comando na interface de comandos do systat ativado através do caractere ” : ” dois pontos.
:scale mbit

Através da interface do systat da para analisar todas as informações de operação do sistema como principais destaco aqui:
:swap # informações quanto a utilização da swap do sistema.
:mbufs # isso é realmente util durante tunning
:iostat #estatisticas de utilização de Inpu/Output do sistema relacionado a discos.
:netstat #estatisticas de utilização de roteamento do sistema
:ifstat #estatisticas de utilização das interfaces do sistema.

Outros que há e que não utilizo muito, contudo disponibiliza muitas informações são:
:ip ou :ip6 # informações relacionado a trafego IP na interface.
( o 6 referece a versão IPv6 )
:icmp ou :icmp6 # informações quanto a estatisticas de trafego tipo icmp e icmp6 do sistema ( o 6 referece a versão IPv6 )
e o :tcp # informações relacionado ao trafego tcp da interface.

A ultima opção a descrever é o pigs que são resulmos de consumo dos processo, por padrão quando não se especifica a opção que esteja a monitorar a tela que apresenta é a pigs.

Abraços e gostei mesmo da ferramenta jnettop, o -b tambem não funcionou aqui para mim.

Opa NoRm4nD,

O que achas de fazer um artigo sobre o systat e eu publicar aqui com os seus créditos? 🙂

Fique à vontade para me contactar. 😀

Fala ai mestre,

Fazia tempo que prometi, mais sem tempo acabei deixando de lado, levou um ano e meio mais para comemorar a maioridade do FreeBSD, estou te enviando o arquivo PDF e ODS falando um pouco mais do systat(1).

Abraços e uma boa semana.

Grande!
Me manda no meu e-mail que publico e coloco os seus créditos. gondim at bsdinfo.com.br

Abração,

Write a comment

*