Post em Destaque

Não mais Google Code-in 2012, agora rumo ao Google Summer of Code 2012

Infelizmente o pessol do FreeBSD não irá participar mais do Google Code-in deste ano pois não atingiram as 100 propostas mas estão juntando esforços para o GSOC (Google Summer of Code) 2012 e o trabalho continua. Abaixo o e-mail de Wojciech A. Koszek agradecendo e explicando os novos objetivos: Hello, We...

Leia mais...

Facilitando a vida do DNSSec

Postado por gondim | Categoria Shell Script | Dia 13-04-2012

Tags:,

0

Alguns admins já usam o DNSSec e provavelmente já fizeram alguma ferramenta para administrar sua lista de domínios. Agora se você tem diversos domínios para converter em DNSSec, precisa fazer a atualização dos mesmos periodicamente e não possui nenhuma ferramenta para isso, seus problemas acabaram. rsrsr Vou mostrar aqui 2 scripts que fiz a long long time que podem lhe ajudar nessa tarefa. Ah! Se você não sabe ainda o que é o DNSSec, porque ele é necessário e como ele funciona aqui vai uma leitura bem bacana nesse link: Porque DNSSec

Então vamos para o nosso primeiro script, o dnssecconv.sh, onde este irá pegar todos os arquivos de domínios com extensão .db, criar as chaves deles, fazer as devidas modificações no named.conf e gerar um arquivo com os dados que precisa para cadastro no Registro.br:

O script dnssecconv.sh deve estar no mesmo diretórios dos arquivos de domínio e antes de rodá-lo faça um backup, porque não me responsabilizo por qualquer dano que esse script possa causar. Estou aqui para ajudar e não para ser responsabilizado por algo.  🙂

Em tempo o arquivo gerado com as informações que você vai precisar é este: dnsseclist.txt

#!/bin/sh
echo “DNSSecConv – 1.1 – Copyright 2011” > dnsseclist.txt
echo “Marcelo Gondim ” >> dnsseclist.txt
echo “http://www.bsdinfo.com.br” >> dnsseclist.txt
echo “`date`” >> dnsseclist.txt
echo “” >> dnsseclist.txt
echo “DNSSEC List” >> dnsseclist.txt
echo “===========” >> dnsseclist.txt
for lista in `ls *.db`; do
if [ “$lista” != “empty.db” -a “$lista” != “localhost-forward.db” -a “$lista” != “localhost-reverse.db” ]; then
   dominio=”`echo $lista|sed -e ‘s%.db%%g’`”
   if [ “`ls K$dominio.*.key 2> /dev/null`” == “” ] ; then
      dnssec-keygen -r /dev/urandom -f KSK -a RSASHA1 -b 1024 -n ZONE $dominio
      dnssec-signzone -S -z -o $dominio $dominio.db
      sed -i ” -e ‘s%$dominio.db%$dominio.db.signed%g’ /etc/namedb/named.conf
   fi
   ds_field=”`head -1 dsset-$dominio.|awk ‘{print $4}’`”
   hash_field=”`head -1 dsset-$dominio.|awk ‘{print $7}’`”
   echo “$dominio || $ds_field || $hash_field” >> dnsseclist.txt
fi
done

O segundo script é mais simples e só serve para atualizar as chaves, porque de tempo em tempo o Registro.br solicita essa atualização senão o domínio pára de funcionar. Esse script se chama dnssecsync.sh e também deve ser rodado no diretório onde se encontram os arquivos de domínios. Mais uma vez não esqueça do backup. 😉

#!/bin/sh
# DNSSecSync – 1.1 – Copyright 2011
# Marcelo Gondim
# http://www.bsdinfo.com.br
for lista in `ls *.db`; do
   if [ “$lista” != “empty.db” -a “$lista” != “localhost-forward.db” -a “$lista” != “localhost-reverse.db” ]; then
      dominio=”`echo $lista|perl -i -pe ‘s%.db%%g’`”
      dnssec-signzone -S -z -o $dominio $dominio.db
   fi
done

 

Share Button

Write a comment

*